ATENDIMENTO
x
Loja Virtual
(48) 2102-7909 Segunda a Sexta
8:30 às 18h
Loja Física (48) 3045-1663 Segunda a Sexta
09h às 18:30h
Sábado 09h às 13:00h
OUTLET
Seu carrinho ainda
está vazio :(
Navegue pela loja e encontre os
produtos que você procura.
Navegue por aqui

Moletons

Para muitos, o skate é algo que faz durante todo o ano. Embora nunca seja uma boa jogada andar quando o chão está molhado (seus rolamentos sofrerão), o frio não deve impedi-lo. Basta colocar um moletom com capuz e colocar as rodinhas para rodar. Várias marcas produzem moletons voltados especificamente para o skate que são uma ótima alternativa para dias frios, e se você sentir que o seu capuz está pesando elas têm também em suas coleções, além dos hoodies, os moletons carecas ( sem capuz ).

Além de proteger do frio, os moletons são confortáveis tanto para quando você está sobre o skate quanto para sair ou para qualquer ocasião do dia-a-dia. 

De sua associação com o punk e hip-hop à cultura skater, o moletom tem uma história de ser adotado pelos jovens como algo além do fato de ser um item prático de vestuário. 

O moletom nasceu quando a Champion Products desenvolveu métodos para costurar os pijamas que fabricavam num tecido mais grosso. O capuz foi adicionado pela primeira vez às camisetas para proteger os atletas e trabalhadores do frio. Em seguida os moletons ganharam as escolas.

O moletom deu um salto da praticidade para o estilo pessoal quando os atletas começaram a dar seus moletons para suas namoradas usar. 

Já em meados dos anos 70, quando a cultura do hip-hop estava se desenvolvendo nas ruas de Nova York, o pessoal do grafite começou usar os hoodies para se manterem discretos, e os dançarinos de break usaram para manter seus corpos aquecidos antes que caíssem no chão. 

Da mesma forma, os anos do começo do skate estão cheios de histórias, desde quando as ondas estavam ruins em Santa Monica, e uma equipe de surf e skate maltrapilha conhecida como Z-Boys encontrou nas de piscinas vazias um espaço ideal para a prática do skate. O único problema era que eles eram normalmente convidados indesejados. Os Z-Boys reinventaram o skate com um estilo agressivo e a mentalidade reverbera até hoje na consciência do mundo do skate.

No início dos anos 80, a escassez de skateparks forçou os skatistas a se adaptarem e andarem onde pudessem, legalmente ou não. O skate ficou quase ilegal e para entrar em estacionamentos o capuz era uma forma de mascarar sua identidade .

Essa atitude fora-da-lei tornou-se uma fonte de orgulho, e a revista de skate Thrasher reforçou-a, imprimindo histórias em tom subversivo. As skatistas rejeitaram a cultura dominante que as rejeitara. Eles eram de fora e gostavam disso. E a música onde encontraram abrigo foi o hardcore e punk, de Black Flag e Dead Kennedys ao Descendents.

Quando a cultura jovem e o estilo urbano estão unidos por um item simbólico de vestuário, fica difícil separar o moletom de seu papel social sem excluir as mesmas culturas que o adotaram.

Graffiti, skate, punk hardcore e hip-hop surgiram dos desejos de transformar seus espaços em algo mais suportável. Trens viraram uma tela para o grafite, a calçada  quebrada tornou-se um playground, o barulho e a agressão tornaram-se redenção musical. A sociedade ocidendal abraçou tudo isso. Nós absorvemos a música e a linguagem do hip-hop e do punk. O skate é agora um evento olímpico. O moletom esteve lá o tempo todo. Não se espera que ele desapareça tão cedo.

Ler mais Mostrar menos
168 Produtos em 6 páginas

Filtrar

Moletons por Marca

Mostrando 1 - 32 produtos do total de 168 distribuídos em 6 páginas
168 Produtos
Política de Frete Grátis - Confira o regulamento Política de Frete Grátis - Confira o regulamento
Loja Virtual
(48) 2102-7909 Segunda a Sexta
8:30 às 18h
Confira nossa
Loja Física em
360º
Rua Anita Garibaldi, 118 - Sala 01 e 02 - Centro - CEP 88801-020 - Criciúma - SC
Loja Física (48) 3045-1663 Segunda a Sábado
09 às 18:30h

Formas de Pagamento

Entrega | Rastrear Pedido

  • Entregamos em todo o Brasil Transportadora
  • Correios Sedex
Confira nossa
Loja Física em
360º
Rua Anita Garibaldi, 118 - Sala 01 e 02 - Centro - CEP 88801-020 - Criciúma - SC